sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Sexta-feira azul! :-))))


Mais uma sexta azul!

Que bom que é sexta...Final de semana chegando e essas duas gatinhas doces não podiam deixar de comemorar mais uma sexta-feira azul com grande estilo!Quem pode com: Marília e Marcela???

Marília,a linda da Kellen Cristina...Fazendo ponta do dedo,após a natação...
 
A minha doce Marcela...
 

Que seu fim de semana seja doce como têm sido nossas vidas!!!

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

21ª Edição do Curso de qualificação para Profissionais de Saúde em Educação em Diabetes em Florianópolis-SC

Recebi esse e-mail hoje!Não podia deixar de  passar pra frente a divulgação de um curso tão interessante ...
 
“Curso de Qualificação em Educação em Diabetes"
Florianópolis- SC
24 a 27/10 de 2012
Exclusivo para profissionais de saúde
Com metodologia diferenciada, focado em detectar e qualificar multiplicadores de conhecimento na área de educação em diabetes.
Certificado de participação reconhecido pela International Diabetes Federation (IDF)
Vagas Limitadas - Inscreva-se já!
                                                                   
 
Fabrícia Marin
Educando Educadores
(11) 2761-7196
(11) 99613-7052

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Hipoglicemia de 35mg/dl!!!

Foi a primeira vez que vi no visor esse número e espero não ver nunca mais ou nem tão cedo!

Hoje a Marcela quis passar à tarde na casa de uma amiguinha vizinha brincando, deixei ,coisa natural...Aí, lá pelas 16:30 quando fui buscá-la elas estavam comendo banana amassada com leite e açúcar!!!A Marcela tinha feito um lanche não tinha nem 2 horas. Tudo bem, cheguei em casa e medi a glicemia 392mg/dl!!!!Fui logo corrigindo, apliquei 2 UI de Humalog.Nisso ela foi dormir as 17:00.As 18:00 medi de novo e estava 198mg/dl.E quando fui medir as 19:15 estava 35mg/dl!!!Que susto eu levei!Já havia percebido que ela não acorda se a glicemia estiver baixa, e estiver muito cansada. Fora isso ela sempre levanta e me diz que está com fome. Por isso tenho que olhar quase que de hora em hora quando ela faz uma atividade digamos que fora da rotina. Rapidamente dei duas balas pra ela, e fui logo dando a janta. 15 minutos depois já havia subido e a danadinha nem aí... “Minha fome passou mamãe!”
 

Estou longe de ser perfeita e uma hora ou outra vou falhar... Por mais que me esforce e me dedique à saúde de minha filha. Não vou poder estar sempre com ela. Ano que vem, por exemplo, ela vai para a escola... Ela podia ter desmaiado, ter dado uma convulsão, sei lá... Deus olha muito pela minha filha!

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Chegou!!!! O test driver do SIC da Marina!OBA!!!


Tem certas coisas que não se tem como definir, explicar,só sei que quando eu vi essa foto eu chorei demais!Me corpo arrepiou todo!Muita emoção!Tô muito feliz por essa garotinha,porque converso muito com a mamãe dela e elas merecem tudo de bom!!!
“Bom dia,
Apesar de ser apenas o test drive estou muito feliz,
A Marina fez uma festa!
Minha mãe foi nos visitar e mal ela chegou correu p/ quarto pegou a caixa e gritou:
- VOVÓ MINHA BOMBINHA CHEGOU!!!!
Certamente a instalação vai ser na próxima segunda-feira, estamos todos ansiosos – digo todos porque vai ser um evento: Juliana Baptista (nutricionista) instala, e presentes na platéia –Dra. Denise Ludovico (endócrino), eu, Fábio (papai), Dona Maria (cuidadora) e uma enfermeira da Medtronic.
Depois conto como foi,
Beijos”       Audrey Sarkosi
Vamos estar acompanhando esse processo todinho aqui no blog!Em breve a instalação!Fiquem todos na torcida para que dê tudo certo!!!
Beijo grande Marina!
 

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Diabetes tipo MODY.Você sabe o que isso?


Essa semana conheci a Larissa Toso,20 anos, do blog “Minha Diabetes” ,ela tem diabetes tipo MODY.Você sabe o que é isso?

Então, eu não sabia muito, mas trocamos vários e-mails e ela me contou tudo, desde o diagnóstico até seu tratamento cotidiano e estou aqui hoje pra compartilhar com vocês o que conversamos. Primeiramente pedi a ela que definisse melhor para mim o que é a Diabetes tipo MODY e contasse um pouco sobre seu tratamento:
“Oi Natália! Tudo bom?
Então, a diabetes MODY ocorre normalmente antes dos 25 anos. É um defeito na secreção da insulina. No começo ela é tratada com remédios e pode evoluir para o uso da insulina. Resumindo a grosso modo, ela muito parecida com a tipo 2, porém aparece na juventude. É muito confundida com a tipo 1 por aparecer cedo e com a 2 pelo tratamento ser parecido. É genético, se meus pais tem, terei mais chances de ter, e tive, pois minha mãe também é diabética.
Na diabetes MODY, o paciente não tem sintomas como o emagrecimento, a sede e fome excessiva. Ou seja, dificilmente a pessoa desconfiará que tem a doença. Para ter certeza se a diabetes é do tipo MODY, se faz um exame de estudo do gene.
Resumindo, é uma diabetes tipo 1 misturada com a tipo 2!
... eu descobri minha diabetes esse ano, dia 30/03/2012. Porém a diabetes em si não era novidade para mim porque minha mãe é também. Então, já sabia lidar com o glicossímetro, as fitas, sabia como era a alimentação e etc.
Foi uma surpresa para mim estar diabética tão nova, sabia que tinha risco por conta da minha mãe ser, mas o que mais surpreendeu o médico é que eu não tinha sintomas da diabetes tipo 1 nem do tipo 2. O médico até repetiu o exame normal, de glicose em jejum, e confirmou a diabetes. Logo já comecei o tratamento com remédios e cuidados com alimentação. E surtiram efeito, porém, sofria (e ainda sofro) muitas hipoglicemias e hiperglicemias também, sempre variando.
Eu nem sabia da existência de outros tipos de diabetes até ler um blog de uma moça que tinha a MODY. Vi que tudo se encaixava comigo: diabetes na família, menos de 25 anos, sem sintomas, tratamento inicial com remédios orais, etc... Na outra consulta falei com o médico e ele fez o exame para comprovar, e é realmente a MODY. Porém não fez muita diferença no meu tratamento, apenas mudei de remédio.
Meu dia-a-dia é tirar a glicose ao acordar e duas horas após alguma refeição, atividade física andar sempreeee com algum doce junto para casos de hipoglicemia, controlar os carboidratos e açúcares. Confesso que ainda não consegui me adaptar 100%, mas aos poucos eu vou aprendendo. Tem dias que a glicose dá 80, tem dias que dá 300.
No dia que descobri a diabetes eu chorei tanto, fiquei sem chão, sem forças. O que me fez levantar foi o apoio das pessoas ao meu redor (família, namorado). Sempre digo que diabéticos são pessoas normais, nós podemos comer de tudo porém com moderação. Não é uma doença sem pé nem cabeça. O segredo é saber controlá-la. Dá sim para se viver bem com diabetes!”
Fiz uma série de perguntas e ela respondeu e permitiu que eu publicasse aqui no Minha Doce Marcela pra que todos possam entender melhor sobre o tipo MODY sob o olhar de alguém que a possuí e não de um profissional da área de saúde!
Com quantos anos você foi diagnosticada?
Fui diagnosticada com 19 anos, há 5 meses atrás mais ou menos, dia 31/03/2012.
Quais os primeiros sintomas que levou você a perceber que estava com diabetes?
“Não tive nenhum sintoma, não emagreci, não sentia sede excessiva nem fome. Até surpreendi o médico com isso. Mas depois que fui entender que é porque a minha diabetes era do tipo MODY, que não apresenta sintomas.”
Como é sua alimentação?
“Como de três em três horas, evito qualquer alimento com farinha branca, não passo de três frutas por dia. Sempre monitoro a quantidade de carboidrato e açúcares dos alimentos industrializados. Quando dá muita vontade de comer algum doce recorro a um chocolatinho diet, ou então, se minha glicose estiver controlada, como um doce normal, mas com moderação claro!”
Pratica atividades físicas?
“Sim, no mínimo três vezes por semana. No momento estou fazendo um plano de corrida e ando de bicicleta. Fazer atividade física auxilia muito para baixar minha glicose. Uma vez estava 230 e após fazer atividade física ela baixou para 101! Por isso, se minha glicose já estiver baixa e eu fazer atividade física, tenho hipoglicemia. Para evitar, antes eu sempre como um carboidrato.”
Que tipo de medicamento uma pessoas portadora do diabetes tipo MODY usa?
“Diabetes MODY a grosso modo é a diabetes 2 em jovens e crianças. A diabetes 1 é a da juventude e a 2 é a da maturidade. A MODY é a diabetes 2 na juventude. Ela é tratada com medicamentos de diabetes 2. Por exemplo, eu comecei tomando Glibencamida e agora estou tomando Glifage, que são medicamentos usados para tratar a diabetes tipo 2. Porém a MODY pode evoluir para insulina, assim como na 2.”
No tipo MODY a rotina é a mesma?Glicemia capilar,exame de hemoglobina glicada?Tem algum exame diferenciado que deve ser feito periodicamente?
“... se faz exatamente os mesmos exames. E é claro os de rotina, para ver se a visão está boa, os rins estão funcionando, examinar os pés, etc.”
Qual exame é capaz de afirmar com certeza que se trata de MODY?
“Se faz um diagnóstico genético (estudo do gene), é um exame de sangue simples.”

Tem mais alguma dúvida sobre a diabetes tipo MODY???Conheça o blog da Larissa Toso: http://minhadiabetes.blogspot.com.br/

domingo, 12 de agosto de 2012

Feliz Dia dos Pais!

Ao meu esposo e pai da Doce Marcela,
Ao meu querido e amado pai,
Vocês são demais!!!

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

1ª consulta ao oftalmologista


Hoje levamos pela 1ª vez a Marcela para consultar com um oftalmologista em Conselheiro Lafaiete. O antigo médico endocrinologista não havia orientado sobre a importância de um exame inicial das vistas(fundoscopia) para um recém diagnosticado de Diabetes,então vamos lá, 9 meses depois...Mas Graças a Deus está tudo bem,fiquei com medo porque antes de mudar de especialista a Marcela teve muitas hiperglicemias e na minha família,meu pai,minha mãe,tios,primos e avós,todos usam óculos.A minha mãe tem um problema sério em uma das vistas.Aliás o médico que hoje trata a Marcela é de Belo Horizonte, Dr. Rafael Mantovani da Clínica Mon Petit,santo médico em nossas vidas!Ainda quero fazer um post sobre  a mudança de especialista que trouxe melhoras significativas para o tratamento da Doce Marcela.

Tudo correu muito bem dentro do consultório, mas na recepção, a hora de pingar um bendito colírio,a Marcela chorou demais,começou a reclamar que não estava enxergando nada!Eu ria e tentava controlar ela, tadinha...As vezes novidades assustam!Mas foi pro bem dela!Passou...
Na recepção aguardando sua vez no colo do papai...

Relatório do oftalmologista Dr.Marcelo Leão para o endocrinologista pediátrico Dr.Rafael Mantovani:



"Relatório Médico": A paciente Marcela Vieira Netto foi submetida a exame oftalmológico.Apresenta fundoscopia em ambos olhos sem alteração.CD-controle anual

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Hoje, Dia Nacional de Combate ao Colesterol!


Hoje é o Dia Nacional de Combate ao Colesterol.Nossa  maior preocupação hoje  é o controle de ingestão de açúcar,mas não podemos esquecer que sal e gorduras principalmente as saturadas fazem mal também a nossa saúde e de nossos docinhos!




No site "Minha Vida" essa semana a atenção  esteve toda voltada para o  colesterol alto!Tem muita coisa interessante lá!
Teste:SUA ALIMENTAÇÃO TE PROTEGE DO COLESTEROL ALTO?
http://www.minhavida.com.br/alimentacao/testes/15459-sua-alimentacao-te-protege-do-colesterol-alto?utm_source=news_mv&utm_medium=especial&utm_campaign=671896

Rolou também hoje de 13:00 as 14:30 um chat com o Dr.Roberto Navarro,clínico Geral e nutrólogo, um montão de perguntas sobre colesterol,muito bom!
http://www.minhavida.com.br/chat/12/colesterol?utm_source=news_mv&utm_medium=especial&utm_campaign=671896
A matéria abaixo também é do site "Minha Vida",ótima também!

O que é Colesterol?
O colesterol pode ser considerado um tipo de lipídio (gordura) produzido em nosso organismo. Ele está presente em alimentos de origem animal (carne, leite integral, ovos etc.). Em nosso organismo, desempenha funções essenciais, como produção de hormônio e vitamina D. No entanto, o excesso de colesterol no sangue é prejudicial e aumenta o risco de desenvolver doenças cardiovasculares. Em nosso sangue, existem dois tipos de colesterol:                              
  • LDL colesterol: conhecido como "ruim", ele pode se depositar nas artérias e provocar o seu entupimento
  • HDL colesterol: conhecido como "bom", retira o excesso de colesterol para fora das artérias, impedindo o seu depósito e diminuindo a formação da placa de gordura.

Tipos

Podemos dizer que existem vários tipos de colesterol circulando no sangue. O total da soma de todos eles chama-se "Colesterol Total". Como visto, colesterol é uma espécie de "gordura do sangue" e, como gorduras não se misturam com líquidos, o colesterol é insolúvel no sangue. Por isso, ele precisa da "carona" de certas proteínas para cumprir as suas funções.                                
A associação dá origem às chamadas lipoproteínas. Essas, sim, são aptas a viajar por todo o organismo via corrente sanguínea. As lipoproteínas - ou apenas colesterol - assumem algumas formas, sendo divididas em "bom colesterol" (HDL - high density, ou alta densidade) e "mau colesterol" (LDL - low density ou baixa densidade).
Pesquisas provaram que o bom colesterol (HDL) retira o colesterol das células e facilita a sua eliminação do organismo. Por isso, é benéfico. Já o mau colesterol (LDL) faz o inverso: ajuda o colesterol a entrar nas células, fazendo com que o excesso seja acumulado nas artérias sob a forma de placas de gordura. Justamente por isso, traz diversos malefícios.

Fatores de risco

Muitos fatores podem contribuir para o aumento do colesterol, como tendências genéticas ou hereditárias, obesidade e atividade física reduzida. No entanto, um dos fatores mais comuns é a dieta.                               
A dieta rica em colesterol inclui grandes quantidades de alimentos de origem animal: óleos, leite não desnatado e ovos. As gorduras, sobretudo as saturadas, contribuem para o problema do colesterol elevado.
A gordura saturada é um tipo de gordura que, quando ingerida, aumenta a quantidade de colesterol no organismo. Está presente, principalmente, em alimentos de origem animal. A carne vermelha, mesmo quando aparentemente "magra", possui moléculas de colesterol entre as suas fibras e deve ser evitada. As margarinas light ou diet devem ser as escolhidas em substituição à manteiga.
As gorduras insaturadas estão presentes, principalmente, em alimentos de origem vegetal. Elas são essenciais ao organismo, mas o corpo humano não tem condição de produzi-las. É por isso que é necessário consumi-las na alimentação. A substituição de gorduras saturadas por insaturadas na dieta pode auxiliar a reduzir o colesterol no sangue. Quando quiser preparar um pão mais saboroso, prefira margarina light ou diet à manteiga.                                

Sintomas de Colesterol

O colesterol alto não apresenta sintomas, por isso, quem tem aterosclerose e obesidade, possui história de morte na família por infarto, é sedentário e/ou alimenta-se com ingestão exagerada de gorduras saturadas tem mais chances de ter colesterol alto. A aterosclerose não produz qualquer tipo de sintoma até que ocorra a obstrução de uma ou mais artérias.
Getty ImagesAterosclerose é o endurecimento das paredes dos vasos causado pela deposição de gordura

Diagnóstico de Colesterol

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia, os níveis ideais de colesterol no sangue devem ser:
  • Colesterol Total: abaixo de 200mg/dL de sangue
  • Bom Colesterol (HDL): acima de 35mg/dL de sangue
  • Mau Colesterol (LDL): abaixo de 130mg/dL de sangue.

Tratamento de Colesterol

Existem remédios para controlar o colesterol alto, mas a aterosclerose só melhora com uma mudança mais significativa no estilo de vida. Reduzir o estresse, praticar exercícios físicos, manter a pressão arterial estável e o peso sob controle, são fundamentais. As pessoas que tem diabetes devem ficar mais atentas.
                                           

Complicações possíveis

Níveis elevados de colesterol estão associados a doenças coronarianas e aterosclerose. As recomendações habituais são para uma ingestão diária de colesterol inferior a 300 mg, quantidade que representa cerca de 50% da quantidade ingerida pelos norte-americanos.
O colesterol, popularmente chamado de gordura do sangue, é uma substância gordurosa, esbranquiçada e sem odor. Não existe nos vegetais, apenas no organismo dos animais. Em pequenas quantidades, é necessário para algumas funções do organismo; em excesso, causa problemas.
Encontrado em todas as células do organismo, é utilizado para a produção de muitas substâncias importantes, incluindo alguns hormônios e ácidos biliares.

Aterosclerose

É o endurecimento das paredes dos vasos causado pela deposição de gordura. Existe uma predisposição genética que, combinada com o fumo, o estresse, a vida sedentária e a pressão alta, pode levar à doença.
Getty Images                Na aterosclerose, placas de gordura diminuem o diâmetro dos vasos sanguíneos e podem levar à obstrução total

Prevenção

Além de uma alimentação equilibrada, há outras maneiras de evitar o aumento do colesterol e, até mesmo, diminuí-lo:
  • Fazer exercícios físicos: a atividade física pode ajudálo a emagrecer e a diminuir as tensões. Controlando o peso, fazendo exercício ou praticando esporte, você se sente melhor e diminui o risco de infarto
  • Não fumar: o cigarro é um fator de risco para doença coronária. Aliado ao colesterol, multiplica os riscos
  • Evitar o estresse: uma vida menos estressada também diminui o risco de infarto. Procure transformar as suas atividades diárias em algo que lhe dê satisfação
  • Fazer uma dieta com baixos níveis de gordura e colesterol: seja rigoroso no controle da alimentação.
Lembre-se de que todos os alimentos de origem animal têm colesterol. Portanto, dê preferência a alimentos de origem vegetal: frutas, verduras, legumes e grãos. Quem tem predisposição deve seguir as mesmas recomendações descritas no tratamento: manter hábitos de vida saudáveis, evitar o fumo e controlar o colesterol e a pressão arterial. Sugestões de hábitos:
  • Coma mais frutas e vegetais
  • Coma mais peixe grelhado ou assado e menos carnes fritas
  • Coma uma variedade de alimentos ricos em fibras, como aveia, pães integrais e maçãs. As fibras ajudam a reduzir as taxas de colesterol
  • Limite a ingestão de gorduras saturadas, como gordura de derivados de leite
  • Limite os alimentos ricos em colesterol, como gema de ovo e fígado
  • Utilize derivados de leite pobres em gordura: leite desnatado, iogurte desnatado e sorvetes light
  • Evite frituras.
Dieta para o colesterol alto:
Os cuidados com a alimentação devem ser redobrados por pessoas com diabetes, pois estas apresentam riscos de manifestações da aterosclerose de três a quatro vezes maior que as pessoas não-diabéticas. Há alimentos que ajudam a reduzir as taxas de colesterol no sangue, assim como também existem os que devem ser evitados. Para isso, preste atenção nas duas listas abaixo:

Alimentos ricos em colesterol:

  • Bacon
  • Chantilly
  • Ovas de peixes
  • Biscoitos amanteigados
  • Doces cremosos
  • Pele de aves
  • Camarão
  • Queijos amarelos
  • Carnes vermelhas "gordas"
  • Gema de ovos
  • Sorvetes cremosos
  • Creme de leite
  • Lagosta
  • Vísceras.

Alimentos que ajudam a reduzir o colesterol:

  • Aipo
  • Couve-de-bruxelas
  • Bagaço da laranja
  • Ameixa preta
  • Ameixa preta
  • Couve-flor
  • Mamão
  • Amora
  • Damasco
  • Mandioca
  • Azeite de oliva
  • Ervilha
  • Pão integral
  • Aveia
  • Farelo de aveia
  • Pêra
  • Cenoura
  • Farelo de trigo
  • Pêssego
  • Cereais integrais
  • Feijão
  • Quiabo
  • Cevada
  • Figo
  • Vegetais folhosos.
Pronto, você já sabe o que é o colesterol e como evitá-lo. Na próxima vez que for fazer suas compras, opte por alimentos que ajudem a diminuir o colesterol e pense duas vezes antes de faltar à academia. Seu corpo agradece duplamente!
                                        

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Gripe!E agora...Medicar ou não?

Acho que havia quase 3 meses que a Marcela não gripava,e sábado a noite ela começou a reclamar da garganta.No domingo amanheceu com a glicose boa:as 08h, estava 91mg/dl mas, com secreção no nariz,voz fanhosa,reclamando de tudo e com pouco apetite.A glicose desde sábado a noite tá uma verdadeira gangorra!A noite deu febre e de madrugada também.Ontem ,como ela não estava se alimentando direito,eu só apliquei as 6 UI de Levemir pela manhã e 1 UI de Humalog e de noite as  2 UI de Levemir de novo.Não apliquei mais Humalog durante o dia,porque fiquei com medo da glicose cair ...Não sei se fiz certo,mas sou meio desesperada com essas coisas. Não acho que alterou tanto, já teve dias normais de terem alterações maiores sem explicação!


Com a febre não tem jeito, tem que medicar.Mas,conversando com várias mamães pâncreas,pude perceber que cada uma encara e trata a gripe em seus filhos de uma maneira,sobre os outros sintomas como dores no corpo,garganta inflamada e "peito cheio" umas medicam,outras deixam passar,só dão líquidos...Cada uma recebe uma orientação diferente de seus médicos e com tantas "alternativas" de tratamento ficamos perdidos nesse infinito...Medicar ou não????Eu mediquei,não pensei duas vezes.Como ela está com a garganta inflamada,AMOXICILINA,nariz escorrendo,o peitinho um pouco cheio,AMBROXOL.Sempre fui orientada a medicar,portanto agora com Diabetes é que não vou me descuidar.

E você o que faz em uma situação como essa?

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Só alegria na Escolinha "Carrossel Mágico"


Esse ano de 2012 ,falo que é o último ano de farra da Marcela!Pois ano que vem ela entra na rede municipal de ensino de nosso município. Mas enquanto 2013 não chega ela se diverte de segunda a sexta de 14h as 16h na Escolinha Infantil “Carrossel Mágico” coordenada pelas professoras: Dalvana e Aninha.É só diversão...Muita dança,muita arte,colagem,pintura,atividades envolvendo questões ambientais,trabalhos que desenvolvem a coordenação motora das crianças como blocos,massinha de modelar!Marcela adora!!!!Sem contar no zelo e preocupação que as “tias” têm com ela, qualquer coisinha correm e me ligam e como na nossa cidade tudo é muito perto,de carro, em dois minutos estou na escola!É isso que me preocupa sobre o primeiro ano escolar da Marcela que será ano que vem. Será que as “tias” terão o mesmo zelo??? Espero que sim...
A escolinha hoje tem 11 crianças, o que facilita um atendimento individualizado a cada criança de forma bem tranquila!
 E seu filho(a) doce,já está na escola?Comente abaixo como foi a experiência de colocá-lo(a) na escola!Ele(a) é bem assistido pela escola?